Vacinas - Dengue

Prevenção dos tipos 1, 2, 3 e 4 do vírus da dengue em indivíduos dos 9 aos 45 anos de idade que moram em áreas endêmicas.

• As reações adversas (RAs) relatadas mais frequentemente após qualquer injeção de Dengvaxia® foram dor de cabeça, dor no local da injeção, mal-estar e mialgia.
• As reações adversas foram geralmente de leves a moderadas em gravidade e de curta duração (0 a 3 dias). O início foi tipicamente observado de 0 a 3 dias após a injecão de Dengvaxia® , exceto para a febre, que apareceu dentro de 14 dias após a injeção.
• As reações adversas sistêmicas tendem a ser menos frequentes após a segunda e a terceira injeções de Dengvaxia® em comparação com a primeira injeção

• Indivíduos com história de reação alérgica grave a qualquer componente fórmula ou que tenham apresentado reação alérgica grave após a administração prévia da Dengvaxia® ou de vacinas que contenham os mesmos componentes.
• A administração deste medicamento deve ser adiada nos indivíduos que apresentem doença aguda ou doença febril moderada a grave.
•Indivíduos com deficiência imunológica congênita ou adquirida que comprometa a imunidade mediada por célula, incluindo leucemia, linfoma ou outra doença neoplásica maligna que afete a medula óssea ou sistema linfático e/ou pessoas que recebam terapias imunossupressoras, como radioterapia, quimioterapia ou doses elevadas de corticosteróides sistêmicos por 2 semanas ou mais (acima de 20mg/dia para adultos e 1 mg/kg/dia para crianças). Caso o uso de corticoide seja inferir em mg ou em dias, pode ser administrada.
• Indivíduos com infecção por HIV sintomática, ou com infecção por HIV assintomática quando acompanhada de evidências de função imunológica comprometida.
• Mulheres grávidas ou que estão amamentando (excretado pelo leite materno).